<<90000000>> espectadores
<<240>> empresários em 17 países
<<4135>> vídeos de agroecologia
<<105>> idiomas disponíveis

Ganhe dinheiro devagar

Muitos pensam que os comerciantes do ramo agrícola só estão interessados em ganhar dinheiro de qualquer maneira, ou seja, ganhar dinheiro "fácil e rápido". Mas os comerciantes mais esclarecidos podem combinar sua motivação de lucro com uma preocupação com o bem-estar dos clientes para ganhar sua confiança e desenvolver um negócio duradouro.

Richard Businge tem uma pequena loja em Fort Portal, Uganda, onde vende ferramentas agrícolas, sementes e outros insumos. Em 2016, Richard descobriu que poderia usar os vídeos de treinamento de agricultores da Access Agriculture (www.accessagriculture.org) para atrair e manter clientes.

Na universidade, Richard estudou Ciência da Computação e Monitoramento e Avaliação (M&A). Seu primeiro trabalho, em um projeto financiado por doadores, mostrou-lhe como era difícil para os agricultores encontrarem insumos de qualidade. Então, quando o projeto terminou, Richard iniciou seu próprio negócio. Mas a concorrência era acirrada.

Um dia, Richard falou sobre isso com sua mãe, que havia criado seus filhos vendendo produtos no mercado. Houve um momento em que ela levava roupas de segunda mão de mercado em mercado. Então, ela sugeriu: "leve seus produtos aos agricultores no mercado, em vez de esperar que eles venham até você".

Assim, uma vez por mês, no dia do mercado, Richard leva seus dois ajudantes e algumas mercadorias de táxi para uma das seis cidades próximas, indo para cada mercado uma vez a cada seis meses. As cidades pequenas da Uganda sempre têm pelo menos uma sala de vídeo, chamada de chivanda ou bibanda, feita de cobertura de plástico preto e madeira. Os clientes pagam algumas moedas para assistir a um filme comercial, geralmente um filme de ação. Quando todos entraram e já estão sentados, a porta de chivanda é fechada.

Richard paga 100.000 xelins ugandenses ($ 26) para alugar a chivanda com exclusividade por três horas. Primeiro, ele contrata uma pessoa para passear pelo mercado com um alto-falante, anunciando quando e onde os compradores podem ir para assistir vídeos gratuitamente. "Agricultores, não percam essa oportunidade!"

Richard toca música popular durante meia hora, enquanto as pessoas vão chegando, permitindo que tomem seus lugares e não fiquem impacientes. Em seguida, ele exibe um vídeo que descarregou previamente da plataforma da Access Agriculture e armazenou em um pen drive. Ele simplesmente conecta o pen drive no reprodutor de filmes ou laptop da chivanda.

Após o primeiro vídeo, Richard responde às perguntas do público antes de passar para o segundo e, finalmente, para o terceiro vídeo. Os vídeos duram apenas cerca de 15 minutos cada um, mas com as sessões de perguntas e respostas e a música, Richard aproveita ao máximo a chivanda por três horas.

Como Richard exibe os vídeos gratuitamente, a porta da chivanda permanece aberta, e os agricultores vão e vêm o tempo todo. Do lado de fora da porta da chivanda, Richard monta uma barraca onde seus assistentes vendem as mercadorias, incluindo algumas que os agricultores viram nos vídeos, como os sacos PICS (sacos plásticos para manter os insetos longe do feijão e dos grãos armazenados). Às vezes, Richard exibe vídeos sobre como cultivar cebolas, o que o ajuda a vender sementes de cebola.

Um colega veterinário monta um estande ao lado e vende produtos de saúde animal. Ter duas empresas trabalhando juntas ajuda a atrair mais clientes.

Richard não é agricultor, mas lê muito e procura informações na Internet para poder responder às perguntas dos agricultores durante a exibição dos vídeos. Quando não sabe a resposta, ele diz: "Eu não sei, mas vou pesquisar e voltarei a falar com você". As perguntas de campo dão a Richard ideias para novos assuntos que interessam aos agricultores. Em seguida, ele discute esses assuntos em um programa que faz na rádio todos os sábados de manhã no idioma local, Lutoro.

Às vezes, os agricultores que viram os vídeos no mercado entram na loja (Kiyombya Agro Enterprises) em Fort Portal e pedem para assistir determinado vídeo novamente. "Mostre aquele das cebolas!" Richard ou um assistente fica feliz em poder exibir o vídeo novamente.

Richard diz: "Os vídeos também ajudaram a trazer mais clientes para minha loja. Eles confiam mais no que estamos vendendo porque temos os vídeos. Por causa dos vídeos, os clientes sabem que eu tenho mais informações do que alguns outros comerciantes. Então, eles vêm para saber mais."

Construir uma clientela gradualmente, compartilhando ideias e conquistando sua confiança, pode não ser a maneira mais rápida de ganhar dinheiro, mas um negócio que serve à comunidade e sustenta a família pode ser feito com interesse próprio, mas de maneira esclarecida e, às vezes, com uma pequena ajuda de vídeos de aprendizagem do agricultor.

Vídeos da Access Agriculture relacionados a sacos para armazenagem

Como armazenar e conservar grãos de milho

Armazenamento e gestão do milho em armazém

Vídeos da Access Agriculture relacionados a cebola

Cebola

© Copyright Agro-Insight

Como você pode ajudar... Sua doação e generosidade nos permitirá melhorar o acesso do pequeno agricultor a orientações agrícolas em seu próprio idioma.

Latest News

Agredecemos nossos apoiadores